Capa / INÍCIO / DESTAQUE / Substância usada em raves e bailes funk de SP apreendida em Natividade
Substância usada em raves e bailes funk de SP apreendida em Natividade

Substância usada em raves e bailes funk de SP apreendida em Natividade

Uma substância, que pode se tornar mortal, mas que com que muita frequência tem sido utilizada por jovens em raves, bailes funks e baladas de São Paulo, foi apreendida durante uma festa, interditada pela Polícia Militar, durante a madrugada deste sábado (25), às margens da RJ 214, zona rural de Natividade.

A Rádio Natividade teve acesso ao auto de apreensão do material, que supostamente se trataria de Diclorometano, um tipo de solvente, usado na indústria, para limpar respingos de soldas, mas que usualmente tem sido inalado com uma espécie de lança-perfume.

PMs seguiram para o local, após denúncia do Comissariado de Menores, que alegava que o evento, não possuía autorização das autoridades para ser realizado. Durante a interdição, além do frasco do produto, localizado no interior do carro de um dos participantes, os PMs aprenderam ainda três buchas de maconha, jogadas no interior do terreno. O caso seguiu para a 144ª Delegacia Legal de Natividade e depois repassada à 144ª Delegacia de Bom Jesus do Itabapoana, responsável pelo plantão de área deste final de semana, onde o delegado Avelino Costa, determinou que o liquido permanecesse acautelado para posterior análise no Instituto de Criminalística Carlos Éboli (ICCE), no Rio de Janeiro, já que o posto local, não teria equipamentos necessários para emitir laudo. Até então, o rapaz com quem estava o produto, figura apenas com envolvido.

Recentemente o programa Fantástico da Rede Globo, levou ao ar, matéria que fala sobre os perigos dessa substância e a facilidade com que ela é adquirida no mercado. Clik no link baixo e assista:

http://g1.globo.com/fantastico/noticia/2015/06/uso-de-lanca-perfume-poe-em-risco-vida-de-jovens-pelo-brasil.html

Da redação da Rádio Natividade

O Diclorometano, uma vez inalado pode levar à morte

O Diclorometano, uma vez inalado pode levar à morte